Mai 24
Quarta

In order to view this object you need Flash Player 9+ support!

Get Adobe Flash player

Powered by RS Web Solutions

Banner

Calendário

Maio 2017
D 2a 3a 4a 5a 6a S
30 1 2 3 4 5 6
7 8 9 10 11 12 13
14 15 16 17 18 19 20
21 22 23 24 25 26 27
28 29 30 31 1 2 3

Usuários Online

Nós temos 100 visitantes online
03/05 – Centrais se reúnem nessa quinta em Brasília para debater nova agenda de atividades e resistência a reformas PDF Imprimir E-mail

Condsef/Fenadsef e suas filiadas vão participar de todo calendário que for aprovado

Seis centrais sindicais (CUT, CTB, CSB, UGT, NCST e Força Sindical) divulgaram carta conjunta onde informam que a resistência da classe trabalhadora contra reformas Trabalhista, da Previdência e ataques a direitos vai continuar. Representantes dessas centrais se reúnem nessa quinta, 4, em Brasília onde devem debater uma nova agenda de atividades para continuar cobrando a derrubada de projetos que tramitam no Congresso Nacional e retiram direitos da classe trabalhadora. As centrais criticam ainda o governo ilegítimo de Michel Temer que sem voto tenta impor mudanças na Constituição e reformas profundas sem sequer garantir o debate adequado com a sociedade. A Condsef/Fenadsef vai acompanhar as movimentações e em conjunto com suas filiadas em todo o Brasil vai integrar todo o calendário de lutas e atividades em defesa da classe trabalhadora.

Leia mais...
 
02/05 – Depois de participar da maior greve geral do Brasil, servidores federais se reúnem para debater novas ações de resistência PDF Imprimir E-mail

Em balanço, entidades do Fonasefe avaliam que foi a maior paralisação de serviços públicos nas três esferas em mais de uma década

Todos os balanços feitos por entidades, centrais sindicais e movimentos da sociedade civil organizada são unânimes em afirmar: os trabalhadores brasileiros protagonizaram a maior greve geral da história do País. Mesmo com os principais veículos de comunicação do Brasil ignorando, todos perceberam que na sexta o Brasil parou. Levantamentos feitos por representantes da classe trabalhadora apontam que mais de 35 milhões estiveram envolvidos na greve geral com a paralisação de atividades, a ausência de consumo ou participando de atividades nas capitais e também nos municípios. A Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (Fecomércio) divulgou que o comércio brasileiro deixou de faturar cerca de R$ 5 bilhões no dia da greve geral. A reação da classe trabalhadora contra as reformas da Previdência, Trabalhista e contra a retirada de direitos vai continuar.

Leia mais...
 
<< Início < Anterior 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 Próximo > Fim >>

Pagina 8 de 331

        

isp america   capacartilhami 880